Novos Ares




"Imaginei-me vestida de borboleta e então pude ser realmente leve, como sempre quis.
A magia do momento revestiu cada pedaço meu e eu era livre; livre de toda maldade e de toda dor.
Quero aprender a voar e voltar quando for preciso.
Há tanto céu lá fora..."


Wanderly Frota

12 comentários:

  1. Leveza eu senti aqui ao ler palavras tão lindas e doces. Gosto cada vez mais daqui! Boa noite.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, amei demais ler isso, estava precisando =)

    ResponderExcluir
  3. Que delícia de post, até me senti leve.

    rs
    Um Beijo
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Sempre muito, muito céu...Sorte a nossa!

    ;)

    Beijos, flor.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo!! Vestir-se de borboleta é o melhor que podemos fazer. Sentir a leveza dos dias esquecendo o quanto pesado podem ser.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Gostei muito do teu espaço, e estou segundo – te!

    “ Pois o que realmente importa é a observação, sem ela o olhar perde a graça...”

    Um abraço, Rafah – Blog Eternus!
    http://eternizadoempalavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Te admiro cada vez mais, suas palavras são doces menina linda. As borboletas tem muito a nos ensinar, voe alto e sonhe muito, torço por voce.
    boa noite, com carinho.

    ResponderExcluir
  8. De fato me sente livre, leve, ao ler suas palavra. Você escreve de uma maneira tão doce que sempre me conquista quando venho aqui.

    ResponderExcluir
  9. Um simples momento mágico ou uma única palavra verdadeira pode nos lavar de todas as coisas ruins que existem. E então nos sentimos leves e livres para voar.
    Voe sim, de flor em flor, provando o perfume e doçura de cada uma e depois volte para seu jardim quando for preciso.
    Lindo, lindo, lindo.
    Tenha um maravilhoso fim de semana.
    Beijinhos carinhosos.

    ResponderExcluir

<< >>