Rest


"Não aceito a vida pela metade.
Porque não aceito o amor pela metade.
Daí surge todo o meu vício de ser inteira.
Repleta.
Completa.
Uma conseqüência de todas as crenças que me visitaram.
Ou que fizeram em mim suas moradas, de puro concreto.
E ferem e fogem e voltam e ensinam.
Fazem de mim uma eterna corretora de erros.
Sem f a l h a.
Sem medo.
Sem brecha".

(Escrito em 15/05/2009)

Wanderly Frota

23 comentários:

  1. "Porque não aceito o amor pela metade" Nada de amar pela metade, ou ter o amor pela metade. Não existe essa de metade. Ou é ou não é. Muito fofo *-* www.nosnagravata.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa que lindo!
    Adorei, de verdade.


    agoratopronta.blogspot.com
    @vanespp


    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  3. Admiro pessoas completas e que nos passam sentimentos fortes. Admiro você e cada palavra.
    Bjo Flor.

    ResponderExcluir
  4. Nossa que lindo, adorei essa parte:"E ferem e fogem e voltam e ensinam. Fazem de mim uma eterna corretora de erros.".
    Acho que um dos piores erros da humanidade é saber que erram e continuam errando sem nunca querer mudar e consertar suas falhas. Adorei seu blog e vou visitar sempre que puder *-*

    Bjss

    http://agarotaperfeitatemdefeitos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ahhh que legal Wanderly
    Eu acredito que de certa fora o amor é encontrar alguem para dividir não o que sobra mas a essencia em si... completamente. =]

    Bjuuus

    End Fernandes

    ResponderExcluir
  6. "Daí surge todo o meu vício de ser inteira."
    Todo mundo deveria ter esse vício. Ser ou não ser, e ponto. Metades não são interessantes.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Wanda, nada pela metade é bom.
    È maravilhoso quando tudo se completa num todo, sem metades, sem mais ou menos.
    Um fraterno abraço e seja sempre bem-vinda.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Sou assim também. Tudo para mim tem que ser completo, se por acaso vai ser pela metade, eu não faço, não quero. Adorei Wanderly *-*

    ResponderExcluir
  9. "Não aceito a vida pela metade. Porque não aceito o amor pela metade. Daí surge todo o meu vício de ser inteira."

    Lindo. Não existe meio termo ou amas ou não, sou completa e não sei o que viver, amar pela metade.

    BeeijOs FlÔ!

    ResponderExcluir
  10. Ao mesmo tempo que ser completa é algo maravilhoso, também é um tipo de maldição: não ser a metade de ninguém, pois já se é completa.
    Amei suas palavras e me encontrei nelas.
    Bjo.

    http://miasodre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. "Ser inteira.
    Repleta."
    Está muito além do que por ora podemos imaginar.
    Mas, estamos caminhando...

    ResponderExcluir
  12. ACHO QUE EU POR SER SEMPRE INTEIRA EM TD QUE ME ENVOLVO SEMPRE ACABA NAO SENDO RECIPROCO ....

    TO SEGUINDO ME SEGUE TB ?


    http://meeninasmulheres.blogspot.com/2011/11/amor-avassalador.html

    ResponderExcluir
  13. Gosto de pessoas assim, transparentes, que se entregam de verdade em qualquer situação. Suas palavras são lindas, adorei.

    ResponderExcluir
  14. Viver sem medo de errar... É isso que torna nossa vida completa. Se entregar de corpo e alma, vivendo em plenitude todos os sentimentos. Só assim dá pra se afirmar que viveu.
    Mas nem sempre é tão simples assim. Ainda tenho muitos medos a perder, muitas fichas a apostar.
    Quando conseguir ser definitivamente completo, talvez tenha cumprido meu objetivo.

    Lindo, como sempre é.
    Um beijo e uma linda semana.
    Até...

    ResponderExcluir
  15. Ahh que lindo!!

    Wanderly tem um selinho pra voce
    http://clouds-of-cotton.blogspot.com/2011/11/novo-selo.html

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  16. "Daí surge todo o meu vício de ser inteira."

    Amei esse texto !! "Não procure alguém que te complete. Complete a si mesmo e encontre alguém que te transborde." Acho que é bem por aí.

    Beeijos linda !!

    ResponderExcluir
  17. Somos duas.
    Nada de meio termo, ou é ou é hhaha

    Um Beijo
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Ser inteiro é mais que um direito, é um dever, um compromisso que se deve assumir consigo.

    Muito bom, flor, gostei.

    Um beijo.

    ResponderExcluir

<< >>